Pizza - Buscando a primeira marguerita | Prime Pizzas Pizza - Pizza Entrega - Pizza Delivery - Pizza Campinas - Pizza Express - Pizza Cardapio - Pizza Sabores - Pizza em Campinas - Pizza Italiana - Pizza Promoção - Disk Pizza - Pizzaria - Pizzaria Entrega - Pizzaria Delivery - Pizzaria Campinas - Pizzaria Cardapio - Pizzaria em Campinas - Pizzaria Express - Mini Pizza - Delivery - Calzone - Massa Pizza - Disk Pizza Campinas - Sabores Pizza - Entrega de Pizza - Cardapio Pizzas - Disk Entrega - Promoção Pizza - Pizza Desconto

Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background



Pizza – Buscando a primeira marguerita

Pizza – Buscando a primeira marguerita. Nápoles, entrar em um restaurante e dizer, de verdade, que você está comendo a “pizza marguerita original” é emocionante. Essa é a sensação de quem visita em Nápoles, na Itália, a casa onde surgiu a cobertura famosa, uma homenagem à rainha Margherita de Sabóia. Em um pequeno sobrado, próximo ao Teatro San Carlos e ao Castel Nuovo, fica o Brandi, que funciona há mais de 200 anos e guarda tradições tão antigas quanto ele. Mais do que saborear a pizza tradicional, comer ali é mergulhar de cabeça na cultura napolitana.

O prato surgiu em 1889, quando Raffaelli Esposito, então conhecido como Pietro il Pizzaiuolo, foi chamado ao antigo palácio de Capodimonte durante a visita dos reis Umberto I e Margherita de Sabóia. Na ocasião foram feitos três sabores, entre eles um com muita mozzarella, tomate e manjericão, o preferido da rainha, que acabou dando o nome à famosa pizza. Reza a lenda que a partir daquele dia, sempre que a rainha visitava a cidade mandava chamar il pizzaiuolo.

Para quem não acredita, entre as muitas fotos de personalidades que já estiveram no Brandi – o tenor Luciano Pavarotti aparece em mais de uma – e que decoram as paredes do restaurante está o bilhete enviado pelo Palácio Real de Capodimonte ao criador da marguerita, confirmando que as pizzas feitas durante sua visita ao castelo foram muito apreciadas. O quadro é apontado pelos garçons como se fosse sagrado.

Verdade ou não, a marguerita não decepciona, o que era de se esperar da terra das pizzas. A massa com a borda crocante e a cobertura preparada com o que há de melhor valem a visita ao restaurante. Aliás, quem tiver estômago – ou alguém para dividir os pratos – não pode deixar de provar outros sabores, como as de funghi ou pepperoni.

Do lado de fora, a cantina italiana mal chama a atenção. Apenas um cartaz indica o local. Na porta, no entanto, uma placa comemorativa, feita no aniversário de 100 anos da pizza, já anuncia aos clientes que ali é o local de nascimento de um dos sabores mais famosos do mundo.

O restaurante, criado em 1780, conserva até hoje as mesmas tradições que o tornaram famoso, entre elas a de chamar todos os chefs de Pietro, independentemente do verdadeiro nome deles. Era o nome do dono do restaurante e seu primeiro chef, Pietro Collicchio. E é assim, entre um Don Piè e outro, como os clientes se referem ao chef, que as pizzas são todas preparadas num forno à lenha decorado com azulejos que já virou atração turística.

Poderá também gostar de:

Categories: Pizza

.